Pular para o conteúdo

Expert em Alimentos/Saúde 01: David Katz

(ENG) (Próximo) Nosso primeiro artigo em como se alimentar de forma saudável – David L. Katz, MD, é o diretor fundador do Centro de Pesquisa de Prevenção da Universidade de Yale. Destinatário de vários prêmios, incluindo um doutorado honorário e nomeações para Cirurgião Geral dos EUA, Katz é reconhecido mundialmente pela expertise em nutrição, controlo de peso e prevenção de doenças crônicas. Ele foi aclamado por colegas como o “poeta laureado” de promoção da saúde.

First Article In The Series - David Katz - POR

(Todo o texto azul é de David Katz. Todo o texto preto foi escrito pelo editor NaoNoMeu como explicação adicional.)
  1. Nunca poderemos chegar a uma dieta saudável, ou uma boa saúde, um nutriente (ou alimento) de cada vez. Não se trata de tomar uma pílula mágica todos os dias e em seguida, comer o que quiser. Trata-se de uma abordagem holística de como comer. Comer uma variedade de legumes, nozes e frutas que fornecem uma vasta gama de nutrientes e benefícios à saúde.  Mas eles só podem ajudar a fazer isso se ingeridos com regularidade e em quantidade apropriada.
  2. O que é bom para qualquer parte do nosso corpo é simplesmente bom para nós. E, inversamente, o que é simplesmente bom para nós é bom para todas as partes de nosso corpo. Se um alimento foi considerado “saudável para o coração”, de investigação científica e de consenso, então ele também é bom para você em muitos outros aspectos, assim, mesmo se eles não foram descobertos ainda, é apenas uma questão de tempo.
  3. O que é realmente ruim para qualquer parte de nós é simplesmente ruim para nós. E, inversamente, o que é simplesmente ruim para nós é ruim para todas as partes de nós. Se o consumo de um tipo de alimento é conhecido por causar algo como doença cardíaca ou diabetes, então ele irá certamente causar outros problemas de saúde também. Não importa se não descobriram ainda é apenas uma questão de tempo.
  4. Conseguir um maior percentual de calorias provenientes de X significa obter um menor percentual de calorias provenientes de Y. Dito de outra forma: A nossa saúde é afetada – para o bem ou mal – tanto por aquilo que não comemos, como pelo que comemos em seu lugar . Você só pode comer tanto por dia. E se você está se enchendo de comida pouco saudável, então não há espaço para as coisas saudáveis.
  5. A dose faz o veneno. Quanto mais você consome de alimentos não saudáveis​​, piores os efeitos destes sobre a sua saúde se tornará.
  6. Há muitos detalhes nutricionais que não sabemos, mas sabemos o suficiente para comer bem. Nós não somos ignorantes sobre os cuidados básicos e alimentação do Homo sapiens. Há um enorme corpo de trabalhos científicos que já provou como vários alimentos saudáveis ​​e não saudáveis ​​são. E nada (nenhuma novidade) vai mudar drasticamente isso.
  7. Se você quiser sair da floresta, ajuda se puder ver através das árvores. Tentar alcançar a saúde através de coisas como “suplementos vitamínicos” e “pílulas” é uma perspectiva isolacionista que não funciona. Isso já foi provado varias vezes, independentemente se a campanha de marketing diz o contrário. Ter uma perspectiva sobre sua vida como um todo é a única maneira de abordar uma alimentação saudável. Mais uma vez – Comer uma variedade de legumes, nozes e frutas oferecem uma vasta gama de nutrientes e benefícios à saúde. Mas eles só fazem isso, se ingeridos em quantidade e regularidade.

.

LINK para o artigo  (Tradução de Sites: Inglês para Português)
LINK para NaoNoMeu Archivo: Expert em Alimentos/Saúde  (Traduzindo Arquivos PDF)

LINK to Read the English Version Of This Post >>> Here

Sem Comentários Ainda

Deixe uma resposta