Pular para o conteúdo

Reciclagem e Descarte de Lâmpadas Fluorescentes Compactas (LFCs)

(ENG) Lâmpadas fluorescentes compactas (LFCs) contêm buy clomid europe mercúrio, o que é um sério problema para a saúde de Lamictal to buy in canada bebês e http://forensor-project.eu/wp-json/oembed/1.0/embed?url=http://forensor-project.eu/whats-up/ crianças (mais informação abaixo). No entanto, eles só estão em risco de exposição ao mercúrio e envenenamento se um bulbo quebrar e você não seguir alguns passos básicos para eliminá-lo.

NÃO JOGUE LÂMPADAS NO LIXO: Encontrar um centro de reciclagem ou estação de coleta para produtos como lâmpadas fluorescentes compactas pode ser muito difícil no Brasil, principalmente nas áreas rurais. Com isso LFCs são frequentemente jogadas fora com o resto do lixo comum. Mas, se a lâmpada queimada se quebrar no saco de lixo,o gás de mercúrio será facilmente liberado no ar. Mesmo com o saco plástico fechado o vapor de mercúrio pode vazar. Portanto, não coloque LFCs no lixo!

Faça o seguinte para descartar lâmpadas inteiras: Guarde a embalagem original para que você pode usá-los mais tarde para embalar lâmpadas usadas/queimadas. Em seguida, coloque todas estas lâmpadas usadas em uma caixa. Essa caixa deve, então, ser colocada em um lugar fora do alcance das crianças.

LIMPEZA DE LÂMPADAS QUEBRADAS: (Método de limpeza para superfícies como pisos de madeira ou azulejo)

  1. Abra todas as janelas imediatamente e desligue quaisquer unidades de aquecimento ou de ar condicionado. Quando uma quebra uma lâmpada, um pouco do mercúrio transforma imediatamente em um gás /vapor e é liberado no ar. E você não quer expor os seus sistemas de ventilação/aquecimento/ arrefecimento ao gás de mercúrio. Então, desligue-os e abra as janelas. Se você usar um ventilador para expulsar o ar contaminado para fora de casa, não aponte-o para os detritos. Isso só iria espalhar o mercúrio por todo canto, fazendo uma sujeira ainda maior.
  2. Saia do ambiente por cerca de 2 horas para permitir que o gás se dissipe.
  3. O mercúrio remanescente ficará grudado ao pó de fósforo, ao vidro quebrado e à parte metálica da lâmpada. Não use o aspirador de pó ou varra os cacos, o que irá apenas espalhar o mercúrio ainda mais. Não toque nessas peças com as mãos. Se você tiver luvas descartáveis, use-as. Em seguida, colete os fragmentos de vidro e pó usando um pedaço de papel duro ou papelão como pá. Despeje-os em um recipiente com tampa de boca larga como um vidro de maionese.
  4. Para recolher os fragmentos de vidro restantes utilize algum tipo de fita adesiva. Em seguida, limpe a área limpa com vários papeis toalha úmidos. Bolas de algodão também são úteis para coletar as partículas visíveis de mercúrio.
  5. Coloque todos os materiais de limpeza (luvas descartáveis, fitas, papelão, papel toalha, bolas de algodão, etc.) dentro do frasco de vidro e feche bem.
  6. Lave as mãos.
  7. Uma vez que todas estas etapas forem concluídas, você pode usar um aspirador de pó sobre a área. Mas você deve descartar o saco do aspirador colocando em um saco plástico logo em seguida. E nas próximas vezes que você for aspirar a casa, desligue o ar condicionado ou ventilador e abra as janelas.
  8. Coloque todos os potes e sacos com restos da lâmpada quebrada em uma área externa até que possam ser eliminados.

LIMPEZA DE LÂMPADAS QUEBRADAS: (Sobre sofás, cadeiras, tapetes, colchas, cobertores ou roupas)

Se uma lâmpada se quebrar sobre um item valioso como um sofá ou tapete ou colcha especial, você pode ser capaz de recuperá-lo, fazendo o seguinte. Mas não se esqueça de aguardar para que o gás de mercúrio se dissipe do ambiente antes de começar a limpar, e de colocar luvas descartáveis ​​para proteger as mãos de qualquer contaminação.

  1. Retire os cacos de vidro com um pedaço de papel grosso ou papelão. Coloque-os em um recipiente de boca larga como um vidro de maionese.
  2. Em seguida, use fita adesiva para recolher os fragmentos restantes. Bolas de algodão são úteis para coletar as partículas visíveis de mercúrio. Em seguida, limpe a área com várias folhas úmidas de papel toalha.
  3. Coloque todos os materiais de limpeza (luvas descartáveis, fitas, papel / cartão, bolas de algodão, toalhas de papel, etc.) dentro do frasco de vidro e, em seguida, feche bem firme.
  4. Retire o item contaminado (sofá, cadeira, roupas, etc.) de dentro da casa e mantenha-o em uma área desocupada, aberta e arejada por vários meses para que o mercúrio vaporize. Não coloque o produto em um ambiente fechado ou na garagem.
  5. Contrate um laboratório ambiental para analisar o item para verificar se todo o mercúrio foi vaporizado.

LIMPEZA DE LÂMPADAS QUEBRADAS: (Quando cair no carpete)

Se possível, o melhor é cortar a área contaminada do carpete removê-la. Não se esqueça de esperar um tempo para que o gás do mercúrio se dissipe para fora do ambiente antes de começar, e de colocar luvas descartáveis ​​para proteger as mãos de qualquer contaminação. Se cortar a área contaminada não for uma opção, siga os mesmos passos indicados abaixo para limpar sofás, tapetes, cobertores.

  1. Corte a área contaminada do carpete e em seguida, dobre -os ao meio com cuidado para que os pedaços da lâmpada (pó, vidro, etc) fiquem contido lá dentro.
  2. Coloque o carpete e todos os itens utilizados para a limpeza dentro de um saco plástico.
  3. Coloque o saco dentro de um segundo saco plástico e feche o saco externo com fita adesiva.
  4. Coloque uma etiqueta no saco externo “Contaminado com Mercúrio – Perigoso.”

.

LFCs, MERCÚRIO & SAÚDE DA CRIANÇA: O mercúrio é uma substância perigosa, que pode danificar o sistema nervoso, cérebro e outros órgãos mesmo em doses mínimas. As crianças e os fetos são os que sofrem mais riscos, pois seus cérebros estão em desenvolvimento e podem facilmente absorver o mercúrio e não conseguem eliminá-lo na mesma velocidade. Durante determinadas fases do desenvolvimento, neurotoxinas como o mercúrio pode alterar o desenvolvimento do cérebro, resultando em problemas que vão desde a diminuição da memória até o retardo mental.

Lâmpadas fluorescentes compactas (LFCs) contêm uma média de 4 mg de mercúrio. É um componente essencial das LFCs garantindo que essa seja uma fonte de luz eficiente. Nenhum mercúrio é liberado quando as lâmpadas estão intactas (sem estar quebradas) ou em uso. Robert Hurt, diretor do Instituto de Inovação Nanomolecular, quebrou uma série de LFCs novas e usadas ​​para medir a liberação de vapor de mercúrio no ar. Na primeira hora após cada quebra, o grupo obteve concentrações de gases de mercúrio próximo aos fragmentos do bulbo entre 200-800 mg/m3. Para efeito de comparação, o limite médio de exposição ocupacional 8-horas permitido pela Segurança e Saúde Ocupacional dos Estados Unidos é de 100 ug/m3. Dentro de 4-dias uma LFC nova 13-W liberou cerca de 30% do seu mercúrio, sendo o remanescente aparentemente ficou retido nos detritos do bulbo; recolher os cacos de vidro após a quebra da lâmpada reduziria a liberação de mercúrio em 67%. Lâmpadas usadas seguiram padrões semelhantes, porem com valores mais baixos.

O estudo, que foi financiado pelo Programa de Pesquisa do NIEHS, foi publicado na edição de agosto de 2008 da Environmental Science & Technology.

“A quantidade de gás de mercúrio liberado pelas lâmpadas fluorescentes compactas quebradas é de mais de uma miligrama após alguns dias. Se você colocar essa quantidade em locais com pouca ventilação, a concentração pode ser acima do limite máximo para crianças [de 0,2 ug / m3] “, conta Sr. Hurt.

.

Recycling In Brazil - Sample Program Sheet 1 - POR

.

LINK para o artigo 1      (Tradução de Sites: Inglês para Português)

LINK para o artigo 2      (Tradução de Sites: Inglês para Português)

LINK para NaoNoMeu archivo: Murcury – CFLs  (Traduzindo Arquivos PDF)

LINK to Read the English Version Of This Post >>> Here

.

Sem Comentários Ainda

Deixe uma resposta